Five Months

Parkway Drive

exibições 2.775

Five Months

The night creeps through my bones with a winter's chill, sending shivers down my spine
Like cold hands across my skin
Five months have passed and taken with them every sense of warmth
Until my blood ran cold and life stood still
And still I hold my breath, counting the nights I've stood with my heart in hand
And still I hold my breath, counting the nights.
Waiting for silence to break me down again
If only you could see
See it in my eyes how much it means
Your touch, Your smile
To a heart thats beat has long since given out and given in
The night opens wide, swallowing every sense
Embracing me with emptiness
The hours have become irritations, and I find myself reduced to life's imitation

How can we truly say that we are alive
When everything I see in me is screaming
How can we truly say that we are alive
When everything I see in me is screaming otherwise?
It's screaming otherwise

Cause five months have passed and taken with them every sense of warmth
Until my blood ran cold and life stood still
The hours have become irritations, and I find myself reduced to life's imitation

Cinco Meses

A noite arrasta-se através dos meus ossos com frio de inverno, enviando arrepios na minha espinha
Como as mãos frias em minha pele
Cinco meses se passaram e levado com eles a cada sensação de calor
Até meu sangue gelou e vida ainda está parada
E eu ainda mantenho minha respiração, contando as noites em que eu estive com o coração na mão
E eu ainda mantenho minha respiração, contando as noites.
Esperando o silêncio para me derrubar de novo
Se somente você poderia ver
Veja-o em meus olhos o quanto isso significa
Seu toque, seu sorriso
Para um coração que bate há muito tempo desde que distribui e dá
A noite abre ampla, engole todos os sentidos
Abraçando-me com o vazio
As horas tornaram-se irritações, e eu me encontro reduzido para a imitação da vida

Como podemos realmente dizer que estamos vivos
Quando tudo o que vejo em mim está gritando
Como podemos realmente dizer que estamos vivos
Quando tudo o que vejo em mim está gritando ao contrário?
Está gritando ao contrário

Pois cinco meses se passaram e levam com eles cada sensação de calor
Até meu sangue gelou e vida ainda está parada
As horas tornaram-se irritações, e eu me encontro reduzido para a imitação da vida