Foto do artista Phillip Long

Pra Quem Já Quis Fugir Pro Mato

Phillip Long


Devo confessar
Tem sido um porre
Essa coisa de ser jovem sem saber onde vai dar
Procuro estrelas na cidade
Como quem procura vida
Essa espécie de esperança
Pra essas noites mal dormidas
Em que penso em escapar

E sei do estrago que isso faz
Pra quem só quer viver em paz
Fugir pro mato
Envelhecer como bicho do mato
Ir mais além do que nos ensinaram nossos pais
Abandonar os velhos rituais

Devo confessar
Tem sido um saco e esse coração cansado
Só pensa em se mandar
Procura um modo, um meio, um jeito
De bater direito
De se achar dentro do peito
E voltar a funcionar

E sei do estrago que isso faz
Pra quem só quer viver em paz
Fugir pro mato
Envelhecer como bicho do mato
Ir mais além do que nos ensinaram nossos pais
Abandonar os velhos rituais

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir