High Hopes

Pink Floyd

exibições 365.911

High Hopes

Beyond the horizon of the place we lived when we were young
In a world of magnets and miracles
Our thoughts strayed constantly and without boundary
The ringing of the division bell had begun

Along the Long Road and on down the Causeway
Do they still meet there by the Cut?
There was a ragged band that followed in our footsteps
Running before time took our dreams away
Leaving the myriad small creatures trying to tie us to the ground
To a life consumed by slow decay

The grass was greener
The light was brighter
With friends surrounded
The nights of wonder

Looking beyond the embers of bridges glowing behind us
To a glimpse of how green it was on the other side
Steps taken forwards but sleepwalking back again
Dragged by the force of some inner tide
At a higher altitude with flag unfurled
We reached the dizzy heights of that dreamed of world

Encumbered forever by desire and ambition
There's a hunger still unsatisfied
Our weary eyes still stray to the horizon
Though down this road we've been so many times

The grass was greener
The light was brighter
The taste was sweeter
The nights of wonder
With friends surrounded
The dawn mist glowing
The water flowing
The endless river
Forever and ever

Grandes Esperanças

Além do horizonte do lugar em que vivíamos quando éramos jovens
Em um mundo de ímãs e milagres
Nossos pensamentos vagavam constantemente sem limites
O soar do sino da divisão começou

Ao longo da Grande Estrada e de sua calçada
Será que eles ainda se encontram naquele lugar desconhecido?
Havia um bando de maltrapilhos que seguiram nossos passos
Correndo antes que o tempo tomasse nossos sonhos
Deixando as pequenas criaturas inumeráveis ​​tentando nos amarrar ao chão
Para uma vida consumida pela lenta decadência

A grama era mais verde
A luz era mais brilhante
Rodeado pelos amigos
As noites maravilhosas

Olhando além das cinzas de pontes resplandecendo atrás de nós
Um relance do quão verde era do outro lado
Passos rumo ao progresso são tomados, mas em seguida regredimos de novamente
Arrastados pela força de alguma maré interior
Em grande altitude com a bandeira desfraldada
Alcançamos às rarefeitas alturas daquele mundo tão sonhado

Sobrecarregados para sempre por desejo e ambição
Há uma fome ainda não saciada
Nossos olhos cansados ainda se perdem pelo horizonte
Embora passemos por esta estrada tantas vezes

A grama era mais verde
A luz era mais brilhante
O sabor era mais doce
As noites maravilhosas
Rodeado pelos amigos
A brilhante névoa do amanhecer
A água correndo
O rio sem fim
Para sempre e sempre

Composição: David Gilmour / Polly Samson · Esse não é o compositor? Nos avise.
Traduzida por gulherme, Legendado por Allan, Fabrício e mais 4
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.