A alma ardente o corpo caliente pedem chuva
A alma ardente o corpo caliente pedem chuva

Quanto mais desvio o pensamento em você
Mais te encontro, o tempo passa
Mas o meu relógio só anda pra trás

Por enquanto, eu vou vivendo pelos cantos
E minha vida sem você está um verdadeiro caos

A alma ardente o corpo caliente pedem chuva
A alma ardente o corpo caliente pedem chuva

Será que não há mais nada a fazer?
Me sinto como se estivesse andando em círculos
Com os olhos fechados
Enxergando você num horizonte imaginário

A alma ardente o corpo caliente pedem chuva
A alma ardente o corpo caliente pedem chuva

Inebriado pelos sonhos
Achacado pelos sentimentos
Porém, cálido e intrépido, no arrebol das tardes
Na busca de melhores dias

A alma ardente o corpo caliente pedem chuva
A alma ardente o corpo caliente pedem chuva

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts