Vagabundo Qualquer

Rashid

exibições 11.729

Fique vivo ou morra tentando, prefiro a primeira opção
Malandro que é malandro da seu jeito de garantir a ceia
Contra parasita que vive sugando a vida alheia
Igual prego na areia, eu vi castelos
Caírem junto com os seus sorrisos amarelos
Minha promessa eu selo, fidelidade aqueles que são nossos
E sabedoria pra se erguer dos destroços
Botando os olho gordo de dieta
É meta, o papo num faz curva, não tem seta
Sua politicagem é um copo de água suja pra gente
Mas logo mais, nós tamo buscando na nascente
Na frente, aquele que batalha sai na frente
Somente, pro povo a mais alta patente
Potente pra correr tipo Dakar
Licença que eu tô ocupado tentando aumentar nosso placar

Essa é pra cada vagabundo qualquer
Em uma esquina qualquer
Com uma vida qualquer
Pensando em coisa qualquer
E um vagabundo qualquer
Que nem eu, em qualquer lugar do mundo
Que você estiver

Essa é pra cada vagabundo qualquer
Em uma esquina qualquer
Com uma vida qualquer
Pensando em coisa qualquer
E um vagabundo qualquer
Que nem eu, em qualquer lugar do mundo
Que você estiver

Eu tenho um sonho pra cada mano, um mano pra cada sonho
Uma revanche pra cada soco que a vida me deu
Ponho pra fora o que é problemas meu, tendeu?
E se você se identificou, agora também é problema seu
Porque a gente já sofreu com descaso, acaso
Atraso, e o prazo cai, se é brazuca aí
Respeito ficou raro pique tazo
Agora todo pobre é culpado e fim de caso
Dizem que eu me visto de modo suspeito
Ando de modo suspeito
Falo de modo suspeito
Pra mim, suspeito é quem anda desconfiado
Se desconfia muito é porquê tá devendo e morre de medo de ser cobrado
Mas dívidas a parte... Me preocupo com os meus
Pra que nossa luta não vire assunto só pra museus
Não é questão de capotar mas num brecar
Piloto de fuga sabe a hora certa de acelerar!

Essa é pra cada vagabundo qualquer
Em uma esquina qualquer
Com uma vida qualquer
Pensando em coisa qualquer
E um vagabundo qualquer
Que nem eu, em qualquer lugar do mundo
Que você estiver

Essa é pra cada vagabundo qualquer
Em uma esquina qualquer
Com uma vida qualquer
Pensando em coisa qualquer
E um vagabundo qualquer
Que nem eu, em qualquer lugar do mundo
Que você estiver

Eu tenho um sonho pra cada mano, um mano pra cada sonho
Um sonho pra cada mano, um mano pra cada sonho
Um sonho pra cada mano, um mano pra cada sonho
Uma revanche pra cada soco que a vida me deu

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir