tradução automática via Revisar tradução

Cada Vez

Voy de mal en peor otra tarde de aquí para allá.
Provocando la casualidad de verte pasar.
Busco un sitio común donde exista alguien común,
Que teniendo algo en común,
Me pueda decir la posición que debo tomar ,
La próxima vez que quiera desertar.

Cada vez que te vas
Se me eclipsa el sol se reseca el mar,
Cada vez que te vas
Una simple lluvia es tempestad.
Cada vez que te vas
Se me mueve el piso al caminar.
Cada vez que te vas

Cae en contradicción, mi cerebro y mi corazón,
La balanza se inclina del lado de la emoción.
Sigo caminando hacia atrás en un caracol
Me quieres transformar.

Cada vez

Eu vou de mal a pior noite outra para lá e para cá.
Causando o acidente de ver acontecer.
Procurando um local comum, onde há um comum
Eles têm algo em comum,
Eu posso dizer a posição a tomar,
A próxima vez que você cair.

Cada vez que você sair
Eu ofusca o sol secou o mar,
Cada vez que você sair
Uma tempestade de chuva simples.
Cada vez que você sair
Ela se move-me a andar no chão.
Cada vez que você sair

Cai em contradição, meu cérebro e meu coração,
O saldo é o lado da emoção.
Eu ando de volta em uma espiral
Eu quero transformar.

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Enviar
Composição: Pablo Manavello / Ricardo Montaner. Essa informação está errada? Nos avise.

Posts relacionados

Ver mais posts