Amante A La Antigua

Roberto Carlos

exibições 13.065

Amante A La Antigua

Yo soy de esos amantes a la antigua
que suelen todavia mandar flores
de aquellos que en el pecho aun abrigan
recuerdos de romanticos amoresYo soy aquel amante apasionado
que aun usa fantasia en sus romances
me gusta contemplar la madrugada
soñando entre los brazos de su amada
yo simplemente soy de esa clase
que ya no es muy comun en nuestros dias
las cartas de amor, el beso en la mano
muchas manchas de carmin
entre las sombras del jardin.Voy vestido igual que cualquiera
y vivo con la vida de hoy
pero es cierto que con frecuencia
sufro por amor y a veces lloro por la ausencia
porque soy de esos amantes a la antigua
que suelen todavia mandar flores
aunque yo sigo en este mundo
con sus modas y modismos
el amor es para mi siempre lo mismo
el amor es para mi siempre lo mismo
siempre lo mismo
siempre lo mismo

Amante a moda antiga

Eu sou desse amantes a moda antiga
Que costumam, todavia mandar flores
Daqueles que ainda abrigam no peito
Lembranças de amores românticos
Eu sou aquele amante apaixonado
Que ainda usa fantasia em seus romances
E gosta de contemplar a madrugada
Sonhando entre os braços de sua amada
Eu simplesmente sou dessa classe
Que já não é muito comum em nossos dias
As cartas de amor, o beijo na mão
Muitas manchas de carmim
Entre as sombras do jardim
Vou vestido igual a qualquer um
E vivo com a vida de hoje
Mas é certo que com freqüência
Sofro por amor e as vezes choro pela ausência
Porque sou desses amantes a moda antiga
Que costumam, todavia mandar flores
Ainda que sigo este mundo
Com suas modas e modismos
O amor para mim é sempre o mesmo
Eu sou desses amantes a moda antiga
Que costumam, todavia mandar flores
Ainda que sigo este mundo
Com suas modas e modismos
O amor é para mim sempre o mesmo
O amor é para mim… Sempre o mesmo
Sempre o mesmo, sempre o mesmo

Composição: Erasmo Carlos / Roberto Carlos · Esse não é o compositor? Nos avise.
Traduzida por Leonardo
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.