Princípio de Um Novo Tempo (part. Tico Santa Cruz)

Roupa Nova


E então quando o amor adoçar todos os corações
Eu sei! Será aqui princípio de um novo tempo!
Chegamos, todos, ao fim do poço
Atentados espalham sangue
Enquanto o fanatismo mata inocentes
O mundo segue, armado até os dentes
É o juízo final que chega pra gente?

E então enquanto você se desliga com seu violão
Não vê que o mundo, aqui
Caminha pro fim dos tempos!

Estamos por um fio pro pavio acender
Só você não vê, ou não quer perceber
Que o ódio e a intolerância vão tomando o poder
E a escuridão se alastra por caminhos de dor
Olhe em volta e verás corações sem calor, sem amor

E então enquanto você se desliga com seu violão
Não vê que o mundo, aqui
Caminha pro fim dos tempos!
Não vê que o mundo, aqui
Caminha pro fim dos tempos!

Mas eu canto a vida, e a vida me encanta
O mundo é o que é, chorar não adianta
As sombras se vão, e as luzes se acendem
Eu subo no palco e as almas se rendem
Eu falo do bem e eles me entendem

E então quando o amor adoçar todos os corações
Eu sei! Será aqui princípio de um novo tempo!

Um dia, então virá, não mais tempestades
E a luz invadirá campos e cidades
E assim nossos sonhos serão sem medo
E a felicidade não terá mais segredos
Nos versos que componho eu sei que esse dia virá

E então quando o amor adoçar todos os corações
Eu sei! Será aqui princípio de um novo tempo!
Será aqui princípio de um novo tempo!

Um tempo de paz
Tudo que eu peço
É um tempo de paz
O oriente médio é um enorme paiol de pólvora
E o mal lá se multiplica numa febre atômica!
Ah, mas há tanta gente que só faz o bem
E ajuda a humanidade a seguir mais além
É, mas o mundo está virado de pernas pro ar
É só violência em qualquer lugar que você olhar
Entre o amor e o ódio o mundo pede paz pra respirar!

E então quando o amor adoçar todos os corações
Eu sei! Será aqui princípio de um novo tempo!
Será aqui princípio de um novo tempo!
Será aqui princípio de um novo tempo!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog