exibições 55.556
Foto do artista Samba-Enredo

Beija-Flor de Nilópolis - Samba-Enredo 2019

Samba-Enredo


[Enredo: Quem Não Viu Vai Ver… As Fábulas do Beija-Flor]

Oh, deusa
Tem festa no meu coração
Desfilo toda gratidão
Razão do meu cantar, a luz do meu viver
O que seria de mim sem você?

Oh, deusa
Tem festa no meu coração
Desfilo toda gratidão
Razão do meu cantar, a luz do meu viver
O que seria de mim sem você?

Nascido feito o rei menino
Em ninho de amor e humildade
Meu pai direcionou o meu destino
Voar nas asas da felicidade

E arrisquei um voo nesse lindo azul
Um mundo encantado pude recordar
Em fábulas bordei a fantasia
Ê, saudade que mareja o meu olhar

Herdeiro dessa terra me tornei
Cantei nossos recantos, tradições
Sou eu aquele festival de prata
Que na pista arrebata tantos corações

Ô ô ô ô, axé que no sangue herdei
No meu quilombo, todo negro é rei
Abre a senzala! Abre a senzala, ô!
Nesse terreiro o samba é a voz que não cala
Abre a senzala! Abre a senzala, ô!
Nesse terreiro o samba é a voz que não cala

Cresci ouvindo acordes entre doces melodias
A bela dama retratada em poesia, e o canto de cristal
A simplicidade no amor, aquele beijo na flor
Fez mais um sonho real

Pátria amada da ganância
Eu pedi socorro pelos filhos teus
Algoz da intolerância
Mesmo proibido, fui a voz de Deus

Toda essa grandeza vem da nossa gente
Que esquece a dor e só quer sambar
É por esse amor que o meu valor me faz brilhar
Comunidade me ensinou
A ser apaixonado como eu sou, eu sou
Ontem, hoje, sempre Beija-Flor

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Serginho Aguiar / Rogério Coutinho / Márcio França / Kirraizinho / Kaká Kalmão / Julio Assis / Jorge Ayla / Fabinho Ferreira / Diogo Rosa / Diego Oliveira / Di Menor BF / Carlinhos Ousadia · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por João
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.