Não mate a mata homem
Não a mate
A deixe em paz
Não mate a mata homem
Pois não sabe
O que isso traz
A arara voa alto
Para dizer para todos
Avisar todos lá da mata
Que o homem está solto

Cuidado com o homem
Que ele não tem piedade
Ele mata a mata toda
E destrói a liberdade
Mete a mão na moto serra
E sai desmatando tudo
Cala toda a mata a toa
Cala o índio
Cala o mundo

Não mate a mata
Nem o matagal
Não mate a mata
Eu respiro muito mal

Não mate a mata
Nem o matagal
Não mate a mata
Eu respiro muito mal

Não mate a mata
Nem o matagal
Não mate a mata
Eu respiro muito mal

Não mate a mata
Nem o matagal
Não mate a mata
Eu respiro muito mal

Por causa da matança
Que se faz no matagal
Já me sinto fatigado
E respiro muito mal

A chuva que chove chorando
Caindo dos olhos
Da mãe natureza
Que vê tudo acabando fácil
Chapada serra
Cas cachoeiras
O rio não dá pra nadar
Mas dá pra nadá em serrado
São sobras de tronco madeira
Consequência dos homens
É triste viagem
Cadeia tão grande Amazonas
Exemplo ecológico
Do mundo de outrora
Só restam fotos satélite
Que exista o fim
Da fauna e da flora

Não mate a mata
Nem o matagal
Não mate a mata
Eu respiro muito mal

Não mate a mata
Nem o matagal
Não mate a mata
Eu respiro muito mal

Não mate a mata
Nem o matagal
Não mate a mata
Eu respiro muito mal
Não

Não mate a mata
Nem o matagal
Não mate a mata
Eu respiro muito mal

Por causa da matança
Que se faz no matagal
Já me sinto fatigado
E respiro muito mal
A chuva que chove chorando
Caindo dos olhos
Da mãe natureza
Que vê tudo acabando fácil
Chapada serra
Cas cachoeiras
O rio não dá pra nadar
Mas dá pra nadá em serrado
São sobras de tronco madeira
Consequência dos homens
É triste viagem
Cadeia tão grande Amazonas
Exemplo ecológico
Do mundo de outrora
Só restam fotos satélite
Que exista o fim
Da fauna e da flora

Não mate a mata
Nem o matagal
Não mate a mata
Eu respiro muito mal
Não

Não mate a mata
Nem o matagal
Não mate a mata
Eu respiro muito mal

Não mate a mata
Nem o matagal
Não mate a mata
Eu respiro muito mal

Não mate a mata
Nem o matagal
Não mate a mata
Eu respiro muito mal

Não mate a mata
Não
Não mate a mata
Não mate a mata
Não
Não mate a mata
Instrumental

Fauna e flora
Seremos muito
Chico mendes

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts