When Hell Awakes

Out in the woods, unspoken horror of
Ancient malignance awakes
Leaving its hideout to please the hunger
Following the winds of the north

Cursed is the woodlands and cursed is thy land
The edge of the forest is marking
The line to the ground of red
So violent and vicious, so cruel and malign

Once there was peace and silence around
A valley of green under skies so blue
All is lost, children are raised
With tales of fear and tales about you

I need a miracle

[Bridge:]
Crimson eyes are burning
In the darkness of the woods
I must bring deliverance
Oh if I only could

[Chorus:]
When hell awakes
In the gardens inside of my heart
Unholy embrace
It's killing the innocence
Demons are rising, they're haunting my soul
The devil is laughing, he's seeking control
There's a poisoned thorn
In the gardens inside my heart
When hell awakes

This was the land of the golden seas
Freedom and light surrounding me
Now I'm aware that nothing is forever
A darkening mist infected our soil

Ages has past since I drew my first breath
The future was turning in the absence of death
Evil is rising, I saw its rebirth
Paradise, now it's hell on earth

What is the key to relock this door?
What is the cause, there must be more
Stories told in the ancient fore
Oh, it has happened before

[Bridge]

[Chorus]

I have been standing the test of time
Here I am now, this life is mine
Throughout the woods into the darkest night
I'm on the way to end this mortal fight

I have the clue, the certain sign
The moon is full and the stars align
Bearer of sorrow, sealer of fate
I'm taking it back, it's never too late

[Bridge]

[Chorus]

When Hell Awakes

No bosque, Um horror não mencionado
de malignesa antiga acorda
deixando seu esconderijo para satisfazer seu desejo
Seguindo os ventos do norte

Amaldiçoada seja o bosque e amaldiçoada seja a tua terra
o limite da floresta está marcado
com uma linha vermelha no chão
tão violenta e perversa, tão cruel e maligna

Antes havia paz e silêncio por aqui
um vale verde e um céu azul
tudo está perdido, as crianças cresceram
com contos de medo e contos sobre você

Eu preciso de um milagre

[Ponte:]
Olhos rubros estão queimando
nas trevas da floresta
Eu devo trazer a liberetação
ah se eu pudesse

[Coro:]
Quando Inferno acorda
Nos jardins do meu coração
Abraço profano
Está matando a inocencia
Demônios surgem, eles assombram a minha alma
O demônio ri, ele procura controle
Tem um espinho envenenado
nos jardins do meu coração
quando o inferno acorda

Essa foi a terra dos mares dourados
Liberdade e luz me circundam
agora, estou ciente de que nada é para sempre
Um névoa das trevas infectou nosso solo

Eras se passaram desde que eu dei minha primeira respiração
O Futuro está se tornando na ausência da morte
O Mal está surgindo, eu o vi renascer
Paraíso, agora é o inferno na terra

Qual é a chave para trancar esta porta?
Qual é a causa, tem que haver mais
histórias contando o que aconteceu antigamente
Ah, isso aconteceu antes

[Ponte:]

[Coro:]

Tenho sido permanente ao teste do tempo
Aqui estou agora, esta é minha vida
Ao longo de todo o bosque na noite mais escura
Estou no caminho para pôr fim a esta luta mortal

Tenho uma idéia, o sinal certo
A lua está cheia e as estrelas se alinham
Portador de tristeza, Selador do destino
Eu estou tomando de volta, nunca é tarde demais

[Ponte:]

[Coro:]

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Savage Circus. Essa informação está errada? Nos avise.

Dicionário de pronúncia


Posts relacionados

Ver mais posts