exibições 2.299
Foto do artista Sérgio Godinho

Domingo no Mundo

Sérgio Godinho


Acorda rapaz, o dia rompe
através do sono escuro
abriga o teu corpo de onze anos
tens que ir trabalhar no duro

No ano passado, neste tempo
ainda andavas tu na escola
mas a família cresce e tu és rijo
e aqui ninguém pede esmola

Hoje vais ser homem
por quase nove horas
sabes lá das horas…
mas talvez amanhã seja domingo no mundo
e tudo bata certo nem que por um segundo
fogo de artifício se veria
se fosse assim p´ra sempre um dia

Cuidado
Atenção
É proibido fazer lume
Risco de explosão

Carregas canudos em caixotes
fazes fogos de artifício
misturas a pólvora às estrelas
e o arco-íris ao bulício

Se chega o fiscal, faz-te de tolo
estás ali porque até gostas
deixa o patrão dar-lhe o envelope
e ficas logo grande, apostas?

Hoje vais crescer
pra lá do teu tamanho
o cansaço é tamanho…
mas talvez amanhã seja domingo no mundo
e tudo bata certo nem que por um segundo
fogo de artifício explodiria
se fosse assim p´ra sempre um dia

Cuidado
Atenção
É proibido fazer lume
Risco de explosão

Cuidado com o manuseamento
não te enganes tu também
olhas de soslaio o tipo ao lado
que três dedos a menos tem

Paras p´ro almoço e à sucapa
vês revistas de homens grandes
vais ter que acender o teu cigarro
nem que pelos ares te mandes

Ah, como é difícil
saber do amor
eu sei lá o que é o amor…
mas talvez amanhã seja domingo no mundo
e tudo bata certo nem que por um segundo
fogo de artifício explodiria
se tu me amasses algum dia

Cuidado
Atenção
É proibido fazer lume
Risco de explosão

Na fábrica de fogo de artifício
houve, dizem, fogo posto
e um menino sonha a noite inteira
que perdeu no escuro o rosto

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir