tradução automática via Revisar tradução

Dopamine

Eyes flash in the dark
Can I give you a hand for your pinball heart?
It's not heaven, but it's a start
So lightly we tread
You would call me up from your hospital bed
Now we're doing it all, again

It's the beat in you chest
It's the smoke on your breathe

As the dopamine begins to light your eyes
There's nothing but the dust and dirt to keep us up tonight
And my heart will sing and scream: I'm alive
Oh, darling, if we end it all at least you're by my side
But we can never die

But we can never die
But we can never die
But we can never die

You dance sugar sweet
Wearing nothing but furs and the shoes on your feet
Who knows when we'll meet, again
And it's always the same
See, the drink couldn't wash out the taste of your name
Please tell me it's not the end

It's the beat in you chest
It's the smoke on your breathe

As the dopamine begins to light your eyes
There's nothing but the dust and dirt to keep us up tonight
And my heart will sing and scream: I'm alive
Oh, darling, if we end it all at least you're by my side
But we can never die
But we can never die

But we can never die
But we can never die
But we can never die

But we can never die

Dopamina

Olhos piscam no escuro
Posso dar uma mão para o seu coração de pinball?
Não é o paraíso, mas é um começo
Então, levemente nós pisamos
Você me chamaria de sua cama de hospital
Agora estamos fazendo tudo, novamente

É a batida em seu peito
É a fumaça na respiração

À medida que a dopamina começa a acender os olhos
Não há nada além da poeira e da sujeira para nos manter até a noite
E meu coração vai cantar e gritar: estou vivo
Oh, querida, se acabarmos com tudo, pelo menos você está do meu lado
Mas nunca podemos morrer

Mas nunca podemos morrer
Mas nunca podemos morrer
Mas nunca podemos morrer

Você dança açúcar doce
Vestindo nada além de peles e os sapatos em seus pés
Quem sabe quando nos encontraremos, novamente
E é sempre o mesmo
Veja, a bebida não conseguiu lavar o sabor do seu nome
Diga-me que não é o fim

É a batida em seu peito
É a fumaça na respiração

À medida que a dopamina começa a acender os olhos
Não há nada além da poeira e da sujeira para nos manter até a noite
E meu coração vai cantar e gritar: estou vivo
Oh, querida, se acabarmos com tudo, pelo menos você está do meu lado
Mas nunca podemos morrer
Mas nunca podemos morrer

Mas nunca podemos morrer
Mas nunca podemos morrer
Mas nunca podemos morrer

Mas nunca podemos morrer

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Enviar