Flor da manhã
Foi o nome que dei
Ao sorriso que vi
Amei

Flor da manhã
Que nasceu, e meu ser
Que já estava a morrer
Viveu

Foi tão depressa
E nem deu tempo
Até sem jeito
Fiquei

Flor da manhã
Tem os olhos onde o sol
Faz espelho de si
Eu sei

Sinto ser vida
Sei que existo
É coisa tão sublime
É coisa só de gente
O mais é tão pequeno
Demais

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir