A tua paz, é como a brisa da manhã,
Como o vento que invade o meu ser,
O teu amor, não a formas de medir.
Nem tão pouco limitar em um lugar

Nada se compara a ti, todo ouro perde o seu valor,
Ante a tua face ó salvador

Não há mel que possa ser mais doce,
Que as palavras que saem da tua boca,
Não há nada que me faça mais feliz,
Do que estar contigo, senhor.

Estás aqui, pois eu sinto tua presença,
Teu espírito a queimar meu coração,
Todo meu ser, se entrega ao teu querer,
Vem, renova e muda todo meu viver.

Nada se compara...

Não há mel...

Eu preciso de ti.

Nada se compara...

Não há mel...

Sei que não há(não há)X3

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir