Depois de Um Dia de Sonho

Tiê

exibições 20.415

De dentro da banheira eu tento entender
O que sinto exatamente por você
Faço muita espuma e no final
Já não sei o que é sonho e o que é real
Se eu sinto frio no sexto andar
Eu me aqueço desenhando um sol

A tempestade bate na janela
Sem querer queimei o dedo e apaguei a vela
Tento ler meu livro que ficou molhado
Já não sei o que é presente e o que é passado

Alguém me falou pra eu não cantar
Mas se eu te enquadro num pedaço de ar
Não posso ignorar os meus desejos
Como faz pra continuar
Como amar alguém que nunca vai merecer

Enquanto alguns só pensam em morrer
O diabo parece me temer
Um homem bateu na minha porta
Faz um tempo que eu não sei como chorar

Nunca fugi, nunca escondi
Os meus desejos por você
Eu sempre fui o seu brinquedo
Mas tudo tem um tempo pra durar

Deito no tapete e sinto alegria
Se alguém me liga a meia noite, me dá alergia
Solto a fumaça em espiral
Enquanto colo um adesivo no quintal

A chuva fina me faz ficar longe demais
Tenho medo de acordar e de olhar pra trás
Sinto a pele enrugada dentro da banheira
Já nem sei se ontem eu falei besteira

Eu me perguntei pra sua mãe
Se algum dia ela teve um anel
E até comprei para o seu pai
Um antigo LP
Que embrulhei pra presente sem você perceber

Enquanto alguns só pensam em morrer
O diabo parece me temer
Um homem bateu na minha porta
Faz um tempo que eu não sei como chorar

Nunca fugi, nunca escondi
Os meus desejos por você
Eu sempre fui o seu brinquedo
Preciso
De muito mais
Eu vivo
E o que há pra ser
De longe
Será
E depois de um dia de sonho
Você pode querer bem mais

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: André Whoong / Tie · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Raphael, Legendado por Nathália
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.