Fogo, eu sei que te criei para queimar, Eu te fiz quente
Quem pode resistir ao teu calor incandescente
Ninguém pode escapar das tuas brasas, labaredas, tu és fogo
Fogo, mas hoje você vai ter que agir bem diferente
É que três jovens que me adoram e que são tementes
Serão lançados amarrados numa fornalha ardente

Mas quando eles entrarem na fornalha
O Todo-Poderoso vai mostrar, a sua proteção diferenciada
Você está proibido de queimar
Não toque nas vestes, nem nos seus cabelos
Não queime seus pés, não deixe nem cheiro
Apenas as cordas pode consumir
Eu Sou o que Sou e hoje estou aqui

Passeando no meio do fogo
Dando livramento para o seu povo
Alguém não entende o que está havendo
É o Deus do fogo dando livramento

Agindo no meio do fogo
Ele não se queima porque é de fogo
Se jogarem você na fornalha e Ele quiser, faz tudo de novo

E se jogarem você na fornalha
Eu sou o teu socorro e vou estar lá
Pra te dar livramento e vitória
O inimigo não vai te tocar
Eu quebro o arco, Eu corto a lança
Eu queimo os carros no fogo porquê
Você pode nem perceber minha presença
Mas o tempo inteiro eu cuido de você

Ele faz como quer, e se Ele quiser
O fogo fica frio, o tempo dá marcha ré
A água vira ponte pra Ele passar
E se vier tempestade Ele manda acalmar
Ele tem o poder, Ele pode mandar
Mas escute um segredo que eu vou te contar
Antes que aquecessem a fornalha sete vezes, Ele já estava lá

Passeando no meio do fogo
Dando livramento para o seu povo
Alguém nao entende o que está havendo
É o Deus do fogo dando livramento

Agindo no meio do fogo
Ele não se queima porque é de fogo
Se jogarem você na fornalha e Ele quiser, faz tudo de novo

Ele ainda da livramento
Ele é o mesmo Deus que faz tudo de novo

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Valesca Mayssa. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por Edenilson. Revisões por 2 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais posts