Harmony Hall

We took a vow in summertime
Now we find ourselves in late December

I believe that New Year's Eve
Will be the perfect time
For their great surrender

But they don't remember

Anger wants a voice
Voices wanna sing
Singers harmonize
Til they can't hear anything
I thought that I was free
From all that questioning
But every time a problem ends
Another one begins

And the stone walls of Harmony Hall
Bear witness
Anybody with a worried mind
Could never forgive the sight
Of wicked snakes
Inside a place
You thought was dignified

I don't wanna live like this
But I don't wanna die
I don't wanna live like this
But I don't wanna die

Within the halls of power lies
A nervous heart that beats
Like a Young Pretender's

Beneath these velvet gloves I hide
The shameful, crooked hands
Of a moneylender
Cuz I still remember

Anger wants a voice
Voices wanna sing
Singers harmonize
Til they can't hear anything
I thought that I was free
From all that questioning
But every time a problem ends
Another one begins

And the stone walls of Harmony Hall
Bear witness
Anybody with a worried mind
Could never forgive the sight
Of wicked snakes
Inside a place
You thought was dignified

Salão da Harmonia

Nós fizemos um voto no verão
Agora nos encontramos no final de dezembro

Eu acredito que a véspera de ano novo
Será o momento perfeito
Por sua grande rendição

Mas eles não se lembram

A raiva quer uma voz
Vozes querem cantar
Cantores harmonizam
Até que eles não possam ouvir nada
Eu pensei que estava livre
De todo esse questionamento
Mas toda vez que um problema termina
Outra começa

E as paredes de pedra do Salão da Harmonia
Testemunham
Alguém com uma mente preocupada
Nunca poderia perdoar a visão
De cobras perversas
Dentro de um lugar
Que você pensou ser digno

Eu não quero viver assim
Mas eu não quero morrer
Eu não quero viver assim
Mas eu não quero morrer

Dentro dos salões do poder encontra-se
Um coração nervoso que bate
Como um jovem pretendente

Sob essas luvas de veludo eu me escondo
As mãos vergonhosas e tortas
De um agiota
Porque eu ainda me lembro

A raiva quer uma voz
Vozes querem cantar
Cantores harmonizam
Até que eles não possam ouvir nada
Eu pensei que estava livre
De todo esse questionamento
Mas toda vez que um problema termina
Outra começa

E as paredes de pedra do Salão da Harmonia
Testemunham
Alguém com uma mente preocupada
Nunca poderia perdoar a visão
De cobras perversas
Dentro de um lugar
Que você pensou ser digno

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir