Atolado de Amor

Wando


Eu tô atolado de amor até o pescoço
Sentindo no osso essa sensação
Tô fraco, dopado, demente, tô burro, tô bobo
Bem dentro do corpo sentindo a paixão

Foi a tal tentação de olhar pra alguém de repente
Foi como uma flecha no meu coração
Perdi o caminho de tudo, tô contando estrelas
Com os pés no espaço e a cabeça no chão

Agora são noites em claro, suores noturnos
Rolando na cama vazia pra lá e pra cá
Agora são noites em claro, suores noturnos
Rolando na cama vazia pra lá e pra cá

Por onde andará a pessoa, em que estrela, em que lua?
Em que casa, em que rua? Em que ilha ou mar?
Por onde andará a pessoa que acendeu essa chama
Pra dizer que me ama ou me desencantar

Refrão 2x

Não faz assim, não some não
Que tá dentro do meu coração

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog