Essa noite foi um pé no saco
Veja só o barraco que a gente fez
Entre palavrões e desacatos
Rasgar o seu retrato foi insensatez

Quando recobrei a consciência
Da minha inconsequência era quase dia
Amanheci nos meus embaraços
Colando pedaços de fotografia

Eu quis de novo olhar pra ela
Juntei os pedacinhos da foto e colei
Mas justo a parte dos olhos dela
Eu não encontrei

Na hora passei da medida
Não pensei na gente, fui longe demais
Um ato de covardia, pus tudo a perder
Agora não tem mais saída
Não é simplesmente se arrepender
Pois nem sua fotografia tá querendo me ver

Quando recobrei a consciência
Da minha inconsequência era quase dia
Amanheci nos meus embaraços
Colando pedaços de fotografia

Eu quis de novo olhar pra ela
Juntei os pedacinhos da foto e colei
Mas justo a parte dos olhos dela
Eu não encontrei

Na hora passei da medida
Não pensei na gente, fui longe demais
Um ato de covardia, pus tudo a perder
Agora não tem mais saída
Não é simplesmente se arrepender
Pois nem sua fotografia tá querendo me ver

Na hora passei da medida
Não pensei na gente, fui longe demais
Um ato de covardia, pus tudo a perder
Agora não tem mais saída
Não é simplesmente se arrepender
Pois nem sua fotografia tá querendo me ver

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir