Shippuden
(Yeeah-ey, yeeah-ey)
Shippuden
(Yeeah-ey, yeeah-ey)
Shippuden

BO!
Ontem era criança
E hoje já tenho contas pra pagar
Mano, o tempo não para
E essa vidinha de adulto é muito chata
Mano, é só cobrança e amizades falsas
O passar dos anos apagou minha alma?
Diferente dos meus vídeos, não me sinto Em Alta
Fazendo dinheiro sabendo que quase um terço
Vai acabar na mão do governo e que não há um meio-termo
Reclama na cadeia
E nem isso funciona
Por que a cara feia?
Algum otário tem que pagar pela lagosta
Eu vejo porcos caminhando entre as cobras
Como Hawk: Só comendo sobras
Eu digo que eu tô ótimo
Mas com uns pensamentos mórbidos
Fugindo da luz igual Morbius
Fingindo ter a resposta igual Morpheus
Déjà vu
Bug na Matrix
Rotina é foda, repetindo um ciclo
De problemas que eu já vivi
Mas quantos eu resolvi?
Quantos só escondi? De quantos tentei fugir?
Eu não sou um herói, pois é, eu menti
Vai cair a minha máscara se eu sorrir
Sonho em desaparecer quando vou dormir
E o foda é que acordo ainda com essa vontade de sumir
E quantas vezes questionei
Se isso era real

Criticando o erro do outro
E fazendo igual
Dormindo abraçado com o ódio
E achando normal
Me diz como eu sou do bem
Se só penso no mal?
Vivendo com saudade de quem eu era
E com medo de quem eu sou
E se eu olho no espelho
Meu coração para na hora
Porque eu não reconheço
Esse homem que me olha de volta
Mano, eu concordo com o Russo
Nós ainda somos tão jovens
Não quero acabar como outros músicos
Por que eles se foram tão jovens?
Ei! Uzumaki!
Acho que eu entendi
Porque eu também realizei meu sonho
Mas não me sinto feliz

Shippuden
Yeeah-ey, yeeah-ey
Shippuden
Yeeah-ey, yeeah-ey
Shippuden

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Lucas A.R.T. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por Diego. Revisão por ana. Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais posts