Meu nome é Lúcifer
Sei que já ouviu falar de mim
Mas deixe me apresentar
Sobre o inferno, não fui o primeiro a chegar lá
Sou só um forasteiro sem abrigo ou teto
pois o arquiteto não me quer por perto
Assim como não quis vocês
Mas tudo bem, hoje sou só uma sombra
Que porta luz

Meu nome é Lúcifer
Sou príncipe e réu, dono de 1/3 do céu
E senhor das minhas vontades
Posso oferecer, coisas que nunca imaginou tocar
Inúmeras riquezas, e tudo que sua ambição quiser desfrutar
Sou eu quem deu poder ao homens mais exímios do mundo
Meu selo está em tudo o que vê

Não somos tão diferentes entre nós
Poucos de vocês entendem

Fui um anjo, acusado de ter confundido outros anjos
Mas, que argumentos eu teria
Que os convenceriam a negar o criador?
Tudo fez parte de um plano
Que eu queria poder entender

Que horas são?
Eu tenho pressa ao fim
Nenhuma oração vai
Te livrar de mim
Eu faço parte do jogo
Assim como vocês, fui deixado para trás
Somos apenas invenções ultrapassadas
Que o inventor não quer mais

Louco são os outros
Que preferem ver ao enxergar.
Vocês louvam um deus morto
Há anos esperando ele voltar

Vocês são tão inocentes e viçais
Poucos de vocês entendem
Que eu

Fui o anjo acusado de confundido outros anjos
Mas, que argumentos eu teria que os convenceriam
A negar o criador, tudo fez parte de um plano
Pois, tenho permissão pra andar
Entre vocês como humano
Eu sou a flama que queima em todo coração de homem
E no âmago de toda estrela
Sou fogo
Interpretado aqui como vilão

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir