exibições 908
Foto do artista A286

Seja Como For

A286


Seja como for, como for
Que seja como for

Seja como for, como for
Que seja como for

Seja como for, como for
Que seja como for

Seja como for, como for
Que seja como for

Não tentar ser competitivo não me privou do jogo
Guiado pelo divino, vigiado pelo invejoso
Deus sabe o que fiz, na melhor ou pior
Com testemunha ou só
Minha cota é ser feliz, mesmo

Saúde e aos nossos progresso, arrogância pros bico
Oportunista é tolerância zero
Rancoroso, vingativo? Eu mesmo
Convicto morrer em pé ante viver de joelhos

É isso
O colecionador de subestima, surpreendendo expectativas
Aqui a honra tá acima da própria vida
Nós tá firmão, nem leis aos justos e nem perdão a traição

Seja como for, como for
Que seja como for

Seja como for, como for
Que seja como for

Herdeiro do caos
Sou manifesto e poesia, entende?
Meus versos sabem bem a origem que defendem
Sem compulsão por seguidor e nem intenção de público

Aqui a banca é seletiva e seu elogio é um insulto!
Vai vendo
Hoje eu não to num dia bom pra dar conselho
Vocês pregam liberdade, julgam e faz pior ao que condenam
Enfim o tempo vai dizer por mim

Pior errado é o que fala correto e não vive o que diz
Inteligência não classifica caráter, mano
O diabo era o mais astuto dos anjos
Então segue o plano, integro ao manuscrito e o que vivo
Nem cristão nem ateu e se o fim for o inferno, é isso

Ao sofrimento dei sentido
Adaptado a enganos sigo retaliando falsos ídolos
Foi preciso aprender a amar até meus demônio
Enquanto não me resgatam desse manicômio

Seja como for, como for
Que seja como for
Buscando o equilíbrio

Seja como for, como for
Que seja como for
As aparências e suas contradições

Seja como for, como for
Que seja como for
Conciso

Seja como for, como for
Que seja como for
Até morrer pelo que acredito

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir