Foto do artista Acadêmicos da Rocinha

Samba-Enredo 2008 - Rocinha Minha Vida, Nordeste Minha História

Acadêmicos da Rocinha


Luz da imaginação, riscou o céu de poesia
A borboleta encantada na avenida iluminada
Faz festa e anuncia
Mostra a saga de um destino
Que esse povo peregrino sonhou
E hoje a Rocinha é meu nordeste e meu irmão
Um pedacinho lá no meu sertão

Eu danço Congo e Maracatu
Nesse reisado encontrei você
O meu tambor tem axé
No Rei Xangô tenho fé
Pro mau olhado figa de Guiné

Lutas em cada canto uma esperança uma razão
Zumbi valente não se rende a opressão
E vai buscar a liberdade
Já dizia Antônio Conselheiro
Lute pela paz em comunhão
Cabra da peste era Lampião, na fé de
Padre Cícero Romão
Tem Romaria lá no Juazeiro
Vou pagar promessa ao meu padroeiro
Hoje sou mais um rei
Trago a herança do agreste na canção
Artistas repentistas, escritores
Eis o meu samba em forma de oração

Alô Rocinha meu nordeste é isso aí!
Se liga quanta emoção
É minha vida minha paixão
Bate forte o meu coração

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Bitinho / Isaac / Lula Antunes / Mauro Barros / Wander Timbalada · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Peixe
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.