Essa é a história de nossa infância.
Os tempos passados só de travessuras.
Brincando no campo ou na estrada.
Os dias vividos de muita aventura.

Queria voltar a ser uma criança.
De pés descalços pular sobre a grama.
Jogar futebol nas areias da estrada.
Brincar de pegar e correr sobre a lama.

Aquele tempo que não volta mais.
Da inocencia pura de uma criança.
O tempo acabou com a nossa alegria.
De brincar com o tempo e se encher de esperança.

Eu nunca mais vi uma criança brincar.
Soltar uma pipa ou pular do cipó.
Aquele tempo que não volta jamais.
Eu sonho em ver esse mundo melhor.

Eu não vejo mais crianças no caminho.
Não vejo as ruas cheias de alegria.
Já foi nosso tempo de bola de gude.
Pra voltar o tempo tudo eu faria.

Hoje vejo a vida sem tanta emoção.
Vivendo apenas pensando em crescer.
Deixando de lado as doces lembranças.
Do tempo em que a infância era nosso poder.

Eu nunca mais vi uma criança brincar.
Soltar uma pipa ou pular do cipó.
Aquele tempo que não volta jamais.
Eu sonho em ver esse mundo melhor.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir