Faça login para habilitar sua assinatura e dê adeus aos anúncios

Fazer login
exibições 42

Antropo

Agona

Encaro o nosso abismo
Entrego a mente ao cinismo
Encaro o fundo do poço
Entrego todo o meu corpo

Negando qualquer lucidez
Matando sou a palidez
Negando toda existência
Matando sua decadência

Sofrendo todas as dores
Doente dos horrores
Em paz com o caos
Abençoado pelo mal

Encaro o nosso cinismo
Entrego a mente ao abismo
Encaro todo o meu corpo
Entrego o fundo do poço
Negando qualquer lucidez
Matando sou a palidez
Negando a benevolência
Matando sou a violência

Sofrendo todas as dores
Doente dos horrores
Em paz com o caos
Abençoado pelo mal

Eu sou o inferno em você
E vamos apodrecer
Negando a existência
Eu sou a violência

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Comentários

Envie dúvidas, explicações e curiosidades sobre a letra

0 / 500

Faça parte  dessa comunidade 

Tire dúvidas sobre idiomas, interaja com outros fãs de Agona e vá além da letra da música.

Conheça o Letras Academy

Enviar para a central de dúvidas?

Dúvidas enviadas podem receber respostas de professores e alunos da plataforma.

Fixe este conteúdo com a aula:

0 / 500

Posts relacionados Ver mais no Blog


Opções de seleção