Se abrires a visão
Do teu coração
Enxergaras que perto de você
Existe um amor em ebolição
Fervendo como larvas de um vulcão
Atravessando o horizonte sem pensar
Em desilusão
Sim é um desejo profundo
De amar alguém e ser amado também
Enxerga-me como vês
A luz do sol
Como vês todas as manhãs
Como vês as quatro estações
Olha-me pois estou sempre contigo
E quando os nossos olhares
Se reluzirem não desvies não
Não desvies não
É um novo amor que vais sentir
Emoção

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir