O mundo está mudando, os ventos estão soprando
O planeta agoniza, basta ver os noticiários da TV

Você já se tocou o quanto às pessoas estão mais insensíveis
A ganância não tem limites, a falta de amor faz com que uma mãe
Abandone o filho no lixo

A vida não vale nada, bem menos que um tênis de marca
Os sonhos são destroçados, tal qual um castelo de cartas } Bis

Que humanidade é essa? Que humanidade é essa? Que humanidade é essa?

As florestas tombam, os animais desaparecem
As geleiras derretem, pela inconseqüência humana
A natureza chora seu deplorável fim
Suas lágrimas são tempestades que devastam cidades

Você já se olhou frente ao espelho e se viu diante de um desconhecido?
Já se sentiu perdido, sem rumo e sem sentido, olhando o vazio do infinito?

Estamos todos num barco, lutando pela sobrevivência
Não importa dinheiro ou raça, somos todos náufragos } BIs

Que humanidade é essa? Que humanidade é essa? Que humanidade é essa?

O mundo está mudando, os ventos estão soprando
O planeta agoniza, basta ver os noticiários da TV

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir