exibições 45.279
Foto do artista Alceu Valença

Diabo Louro

Alceu Valença


Um diabo louro faiscou na minha frente
Com cara de gente, bonita demais
Chegou de bobeira marcando zoeira no meio da praça
Quebrando vidraças isso não se faz

Um diabo louro faiscou na minha frente
Com cara de gente, bonita demais
Chegou de bobeira marcando zoeira no meio da praça
Quebrando vidraças isso não se faz

Foi paranóico, fantástico, mágico
Me fez sedento, atento, elástico
Chegou rasgando pisando, chicletizando total
Que loura bonita fazendo o diabo no meu carnaval

Um diabo louro faiscou na minha frente
Com cara de gente, bonita demais
Chegou de bobeira marcando zoeira no meio da praça
Quebrando vidraças isso não se faz

Um diabo louro faiscou na minha frente
Com cara de gente, bonita demais
Chegou de bobeira marcando zoeira no meio da praça
Quebrando vidraças isso não se faz

Foi paranóico, fantástico, mágico
Me fez sedento, atento, elástico
Chegou rasgando pisando, chicletizando total
Que loura bonita fazendo o diabo no meu carnaval

Um diabo louro faiscou na minha frente
Com cara de gente, bonita demais
Chegou de bobeira marcando zoeira no meio da praça
Quebrando vidraças isso não se faz

Um diabo louro faiscou na minha frente
Com cara de gente, bonita demais
Chegou de bobeira marcando zoeira no meio da praça
Quebrando vidraças isso não se faz

Foi paranóico, fantástico, mágico
Me fez sedento, atento, elástico
Chegou rasgando pisando, chicletizando total
Que loura bonita fazendo o diabo no meu carnaval

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir