exibições de letras 59.469

Entidade

Alcione

Eu tentei evitar
Que o pior pudesse acontecer
Mas você me encostou na parede
Pois bem vou lhe dizer
Eu me vi de repente num beco sem saída
Do teu coração banida
Resolvi não mais sofrer

Quantas vezes senti no teu corpo outro perfume
Mesmo ardendo de ciúme
Ainda assim me entreguei à você
E mulher como eu não se deve desencantar assim
Ela roda a baiana, incorpora
E depois não quer mais subir

Quem vive na corda bamba
Aprende a se equilibrar
E faz qualquer malandro na roda de samba sambar

Parece mentira parece bobagem
Depois disso tudo quem sofre sou eu
Tô vendo a baiana render homenagem
Fazendo feitiço pro homem que é meu
Será que a baiana é alguma entidade
Mulher da entidade do homem que é meu
Será que eu perdi minha identidade
Será que é ela será que sou eu

E mulher como eu não se deve desencantar assim
Ela roda a baiana, incorpora
E depois não quer mais subir

Quem vive na corda bamba
Aprende a se equilibrar
E faz qualquer malandro na roda de samba sambar

Parece mentira parece bobagem
Depois disso tudo quem sofre sou eu
Tô vendo a baiana render homenagem
Fazendo feitiço pro homem que é meu
Será que a baiana é alguma entidade
Mulher da entidade do homem que é meu
Será que eu perdi minha identidade
Será que é ela será que sou eu

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Paulo César Fetal / Altay Veloso. Essa informação está errada? Nos avise.
Revisões por 2 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Pratique seu inglês com o Letras

Descubra o segredo para evoluir no inglês com a ajuda da música

Quero descobrir

Comentários

Envie dúvidas, explicações e curiosidades sobre a letra

0 / 500

Faça parte  dessa comunidade 

Tire dúvidas sobre idiomas, interaja com outros fãs de Alcione e vá além da letra da música.

Conheça o Letras Academy

Enviar para a central de dúvidas?

Dúvidas enviadas podem receber respostas de professores e alunos da plataforma.

Fixe este conteúdo com a aula:

0 / 500


Opções de seleção