sou um menino abandonado
fui pixado
no meio da rua
sou um menino que não vale nada
abandonado na estrada
onde só tem o brilho da lua
esta minha vida é uma desgraça
minha cama é o banco da praça
muitas vezes é o chão
nunca fui em uma escola
e vivo pedindo esmolas
pra ter uma fatia de pão

sou mais uma criança
que sofre no mundo
e que a cada segundo
sofre cada vez mais
peço esmolas
e ando na estrada
é a vida de uma criança abandonada
uma vida sem paz

sou também um ser humano
mas para os outros um pedaço de pano
que foi pisoteado
sou pareçido com um animal
meu cobertor é um jornal
minha cama é um chão empoeirado
meu lençol é o vento
todo o dia eu tento
eu tento viver
mas pelas as pessoas da estrada
sou motivo de piada
menino abandonado nasceu pra sofrer

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir