Outra Vida

Alquimides Daera

exibições 3

Amanhã quando o sol acordar
Enxotando a madrugada
Espantando a lua prateada
Que ainda insiste em dormir
Por detrás de um pedaço de nuvem

Amanhã quando fizer sábado
E eu me despir da burocracia
Do paletó, da gravata, dos sapatos
E vestir a minha velha calça azul

E calçar minhas sandálias velhas
Tão amassadas e palmilhadas
E esconder meus olhos
Por traz dos basculantes escuros
Dos meus óculos

E derramar pelos lábios um assovio
E esquecer as circundância
De cada coisa que me circunda
E esquecer as mãos nos bolsos
Num vagar lento mas apressado

Amanhã depois que o sol chegar
Fazendo sábado
Eu não precisarei
Sair correndo pra te encontrar

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Alquimides Daera / Edson Vidigal · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Daera
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.