O Navegante

Álvaro Tito

exibições 3.147

O homem no mundo em um charco
É no mar qual barco, sem rumo a vagar
Pelo vento forte açoitado
Na onda é levado a qualquer lugar
Mesmo por alguém dirigido
Mas desprotegido é debalde lutar
Vai dar entre a onda e o rochedo
Lhe abate o medo pelo naufragar
Rumando à terra prometida
No mar desta vida estou a navegar
E o navegante há que ser forte
Não temer a morte nem o mar olhar
Se levo Jesus como guia
No meu dia-a-dia da vida aqui
Espero alcançar a glória
Cantar em vitória ao chegar ali

Eu sei Jesus que a vida no mundo é de tribulação
Só não posso esquecer-me de ti
Estou seguro pela tua mão

Quando a tempestade me alcança
E não há bonança quando em alto mar
Meu barco levar rumo certo
E em tempo encoberto estou a remar
Nas tempestades desta vida
Eu tenho guarida em meu Salvador
Pois ele é quem me diz se forte fiel 'té a morte
Sou eu teu SENHOR
Sofrer as agruras da vida
Mas tê-la vivido aos pés de Jesus
É conservar a esperança
De possuir a herança do Reino da Luz
No Reino há lugar preparado
Por Cristo guardado ao vencedor
Que ao terminar a carreira
será coroado pelo Criador

Eu sei Jesus que a vida no mundo é de tribulação
Só não posso esquecer-me de ti
Estou seguro pela tua mão

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir