Doce ilusão
que corrompe a minha alma

Minha diversão
é soterrar a minha calma

Você é tentação
vai e volta em meus
pensamentos

Mas a sua intenção
faz de meus sonhos
descontentamento

Essa minha visão
que distorce a realidade
Faz a sua feição
ter caráter de idoneidade

Já não tenho razão
podre amor que nos cega por dentro
Destrói-me a emoção
que me desvia do meu próprio centro

Doce, doce, doce ilusão...
Doce, doce ilusão...


Desculpe se eu me enganei
mas agora entendi

que de nada sei
e que nada aprendi

Toda a minha vida
busquei algo em vão

Afoguei-me em um
mundo de imaginação

Já não sei se recomeço,
ou onde está o começo

E nem me resta a certeza
de isso ter um ensejo

Foi tão cara pra mim
a tal felicidade

Atingi-la soa quase como
insanidade

Doce, doce, doce ilusão...
Doce, doce ilusão...

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog