Você me disse uma vez que eu tinha que esquecer
Todas as coisas que passamos e que eu pude ver
Mas não é fácil esse laço que eu tento romper
A faca é cega, a unha quebra o que eu devo fazer?

Deixa ruir a história?
Que o tempo leve embora
A calma é provisória
Fico entregue às horas

Desistir, competir, não faz meu tipo, mas
Nem sair, ou sorrir, eu não consigo mais!
Volta aqui, pera aí! Algo ficou pra trás
As memórias que me traz
Isso não me deixa em paz!

Agredir, invadir, não faz meu tipo, mas
Ter prazer, ou viver, eu não consigo mais
Volta aqui, pera aí, algo ficou pra trás!
Lembrar do que você faz
Isso não me deixa em paz!

Quer saber, quer saber, quer saber?

Vou deixar ruir a história
E que o tempo leve embora
Se a calma é provisória
Vou ficar bem, uma hora

Desistir, competir, foi o que eu fiz demais
Vou sair, e sorrir, eu quero é ter paz!
Tô aqui, nem aí - nada ficou pra trás!
As memórias que me trás
Isso não me prende mais!

Agredir, invadir, foi o que eu fiz demais
Vou viver, ter prazer - eu quero é ter paz!
Tô aqui, nem aí - nada ficou pra trás!
Lembrar do que você faz
Isso não me prende mais!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog