Foto do artista Ana Moura

Preso Entre o Sono e o Sonho

Ana Moura


Uma flor não te dá nome
Não há jardim que te cresça
Vou saciar minha fome
Quando em ti meu olhar desça

Um silêncio que te chama
E os olhos num longo traço
Fecham-se à luz que derrama
Sobre a cama que eu desfaço

Um livro espera tristonho
Entreaberto a meu lado
Preso entre o sono e o sonho
Nem aberto nem fechado

Não há caminho que tome
Não há voz que em mim conheça
Que chegue pŽra te dar nome
Não há flor que te pareça

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Fontes Rocha / Jorge Fernando · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Eugenio
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.