Veio como quem vai
Já chegou com o pé atrás
Mas eu li os teus sinais: Você queria ficar
Tentou me dizer
Bebeu palavras em minha boca
E me deixou embriagar
Era, mistério impar

Você era a própria confusão
Ficou com medo, disse não
Mas, me procurava sem saber
E me queria sem dizer

Me disse "pára" quando eu quis seguir
Quando eu segui, pediu pra eu não sumir
Ai eu fiquei tonta e pensei: Esse negócio eu já vi

E não diga que eu sabia
Vai, leve embora a tua covardia
Antes de me dizer adeus
E antes que eu esqueça
É, quem sabe eu ate mereça
A solidão
Um choro meu

Se eu já vivi isso antes
Não faz minha dor ser qualquer
Não te dá o direito de fazer o que quiser
Então vai, siga adiante
Não esboce emoção sequer
Vê se não me procura
E cura esse mal-me-quer

E não diga que eu sabia
Vai, leve embora a tua covardia
Antes de me dizer adeus
E antes que eu esqueça
É, quem sabe eu ate mereça
A solidão
Um choro meu

E não diga que eu sabia
Vai, leve embora a sua covardia
Antes de me dizer adeus
E antes que eu esqueça
É, quem sabe eu ate mereça
A solidão
Um choro meu

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog