Esta solidão, quero te rever, o frio,
Sombras, ânsia de viver
Para te amar, e não poder,
Sinto que a vida já me foge, e não lhe choras,
Busco desolado o teu calor, e aqui não estás,
A agonia cruel, esta solidão,
Teu esquecimento, nada mais,
Não pude mais, meu amor chegar, Tornou-me um vagabundo,
Que se perdeu, sem poder lhe encontrar,
Pelas ruas do mundo,
E terminando, como um pássaro sem ninho,
No caminho abandonado,
Tome os males que se agarram,
Como garras e desgarram,
O meu coração.
Já não vejo a luz, na noite sem fim,
Sombras, frio,
Grato por chegar ao teu perdão, triste dirá,
Minha pobre vida terminou, agora é tarde,
Morto para o mundo ao me rever, meu coração,
Agonia cruel, logo solidão, meu pranto de dor,
E nada mais !...

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir