Lá, onde tudo acontece
Quem ama se aquece
Quem frio esmorece
Quem ama desponta
Não vai se vai tonta
Quem fica se basta
É gente da casta
Do amar de uma vez
Lá não tem volta, nem medo
Nem tarde nem cedo
O tiro é certeiro
O sempre é primeiro
O amor não se finda
Nem quando ainda
Sem quase ou nem tanto
É o amor pleno e franco!
Lá onde tudo se expõe
Às palmas e a vaia
É que se propõe
Um canto que saia em seiva
Da jovem raiz
Lá onde tudo é verdade
Não vale dilema
Se vive um poema
De gozo e agonia
Na noite de um dia total!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Anselmo Rocha / Ronaldo Bôscoli · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Anselmo
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.