O Velho

Antônio Marcos

exibições 5.266

O velho,
Olha a vida que viveu,
Os momentos que morreu, e chora!

O velho,
Traz nos passos, mil caminhos,
Num olhar, nas mãos, espinhos de agora!

O velho,
Olha a velha do seu lado,
Estrangula o seu passado, e cala!

O velho,
Não tem dor nem alegria,
Suas mãos estão vazias, não fala!

O velho,
Junta sonhos dos seus restos,
E o cansaço dos seus gestos é enorme!

O velho,
Guarda lágrima contida,
Pensa em Deus e xinga a vida, e dorme!

O velho,
Guarda lágrima contida,
Pensa em Deus e xinga a vida, e dorme,
E dorme, e dorme!


Obs.: Álbum de 1975.
Letra inédita na net.

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: César Costa Filho / Sérgio Bittencourt · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Newton
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.