Perdi a Memória
Turvou-se-me o pensamento
Não posso contar a minha história
Perdi a razão do tempo

Quebrou-se o espelho
Não sei como sou
Não sei se sou novo ou velho
Não sei onde estou

No meu quadro eu só tenho
Esta visão
Tantos olhos apontados
À minha mão

Não tem sinal nem posição
Do bem ou mal não tem cartão
Não trago marcas de solidão
Nem gargalhadas de emoção

Perdi a lembrança
Da mente risquei
A história que não me interessa
A história que eu não serei

Limpei a cabeça
De tudo o que ela não quer
E ao corpo fiz a promessa
Só serve prò que eu quiser

Será vossa imagem
Que me convém
Ao sair da desfocagem
Não vi ninguém

Não quero ver o que enganei
Nem quero ter o que já dei
Não quero ver o que enganei
Nem quero ter o que já dei

Limpei a cabeça
De tudo o que ela não quer
E ao corpo fiz a promessa
Só serve prò que eu quiser

Só serve pró que eu quiser
Só serve prò que eu quiser
Só serve prò que eu quiser
Só sirvo prò que eu quiser

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog