Quando fala um português
Falam dois ou três
O seu número a aumentar
Quando fala um português
Falam dois ou três
O seu número a aumentar

Sãos tantos a falar
Ai!
São tantos a falar
Quando fala um português
Falam dois ou três
Todos se querem escutar
Ninguém espera a sua vez

Ah! Ninguém se quer calar
Pois tem direito a respeitar
Mas a conversa está a aquecer
Ai já estão a desconversar
Já ninguém se está a entender
Ai! Já estão todos a gritar
Ai! Que o insulto é de corar

A ameaça está no ar
E o punho está-se a fechar
Com tendência a piorar
E eu não paro de atiçar
Quando fala um português
Falam dois ou três
O seu número a aumentar

Quando fala um português
Falam dois ou três
O seu número a aumentar
Sãos tantos a falar
Ai!

São tantos a falar
Quando fala um português
Falam dois ou três
Todos se querem escutar
Ninguém espera a sua vez
Ah! Ninguém se quer calar
Pois tem direito a respeitar
Mas a conversa está a aquecer

Ai já estão a desconversar
Já ninguém se está a entender
Ai! Já estão todos a gritar
Ai! Que o insulto é de corar
A ameaça está no ar

E o punho está-se a fechar
Com tendência a piorar
E eu não paro de atiçar
Quando fala um português
Falam dois ou três

O seu número a aumentar
Quando fala um português
Falam dois ou três
O seu número a aumentar
Sãos tantos a falar
Ai!
São tantos a falar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog