Queria ver estrelas, mas o céu é de neon
As flores são vermelhas, os espinhos são náilon
Dizem que o meu amor é doença ou maldição
Mas todo mundo precisa ter alguém pra não

Não, não faz assim
Que o dia não demora a vir
E com ele há de cair
A beleza que roubo de ti
Vem comigo, vem
Não espere muito de mim
Pois ainda sou aquele
Que desapareceu na noite

Queria ter certeza, e não ter que tropeçar
Nas tuas frases feitas e nas pedras que na vida há
Queria não ser lúcido e talvez entender
Queria sobreviver sem ter que me vender

Quando o medo vem
Vejo línguas de fogo no céu
Vejo cacos de vidro no chão
No silêncio da multidão
E a chuva chove em mim
Divina água e luar
Que teu beijo vai me curar
Das feridas...

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts