aos que foram donos das
terras
antigos donos das penas
eterno como sempre, será
eterno criador

êiê, êiê, êiê

meu povo te chama,
machifaro te espera
teus simbolos sagrados
ateiram as guerras
assim como a canoa
o teu remar

curiatô, lurimágua,
paguana (bis)

aos que foram donos das
terras
antigigos donos das penas
eterno como sempre, será
eterno criador
como voa o tempo
nas asas das eras
tururucari, tururucari

a fogueira espera a chama
o sol beijar o teu rosto
o vento os teus cabelos
assim como a selva
o filho que partiu
tururucari, tururucari
tururucari

cariató, lurimágua,
paguana... (bis)

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir