Vives no meu pensamento,
Não esqueço um segundo de ti,
É minha vida um tormento,
Sofrimento igual nunca vi.

Teu perfume ficou no meu leito,
No meu peito, ficou teu amor,
Volta, que um ninho desfeito,
É uma casa onde mora a dor.

Se batem na porta do meu triste lar,
No peito, o meu coração se agita,
Abro e a esperança desfaz-se no ar,
Por não encontrar por que ele palpita.

No entanto eu espero sem desesperar,
Pois sei que voltarás um dia,
Sei que virás novamente,
Enfeitar nosso lar, de prazer e alegria....

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog