Um grito no escuro
Um sorriso de insatisfação
Mas uma vida mudada
Mas um caso sem solução

Outra noite outra vitima
Eu vejo traços de sangue
No chão
A violência estampada
No dia a dia na televisão

REFRÃO

Um ritual que não tem fim
Sangue vitimas a vida e assim
Ate quando você vai fica
Ai parado e não se levantar
A violência na madrugada
Será que um dia isso vai acabar
Até quando você vai ficar
Ai parado e não se levantar

Você fala em mudanças
Mas não faz esforço pra mudar
Essa verdade absurda
Que nós criamos e não quer parar

Da violência estampada
No dia a dia ou em qualquer lugar
Até quando você vai ficar
Ai parado e não se levantar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir