Por mais que possa parecer menor
Hoje posso vê que enterrei em mim
Tudo que não me fez valorizar
E afastou o que em tempos foi o meu melhor
O meu melhor

Não posso mais me enganar que não está em mim
Que você não está mais em mim
E mesmo que não durar, eu vou lutar e te fazer morrer
Mais uma vez.

E quando eu ver que não estou ouvindo a mim mesmo
E quando eu ver que não estou ouvindo a mim mesmo

Vou reparar todos buracos que ficaram
E nunca deixar que essas grades me sufoquem

Eu não vou deixar que o tempo leve o que sobrou de mim
E quando eu ver que não estou ouvindo a mim mesmo

E é como ter um corpo e não poder se manter
Sentir nos pés a volta que está por vir
E ao abrir os olhos você não vê
Que já se foi e tudo se passou
E se perdeu com o seu prazer
Se fez presente tanto que te machucou
Você não sabe viver

Não vá deixar que isso seja
Como um problema que te consome e não se vai

E por mais que eu não queira ver
Eu não tenho nada, nada a perder
E o que eu devo fazer é seguir sem pensar
E simplesmente aceitar que mudou

E o que de mim restou?

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir