Eu to solto na balada to curtindo a mulherada, to na pressão
Isso aqui ta uma loucura todo mundo se mistura, ta fervendo o caldeirão
Eu já fiz uma promessa que hoje não tenho pressa pra voltar pro meu colchão
Quero ver o chão tremer e a mulherada mexer rebolando até o chão
A moreninha rebola, rebola vai mexendo a cinturinha
E a loirinha requebra, requebra poe o dedo na boquinha, safada safadinha
E a galera, no maior agito, bate palma e solta o grito vendo as minas rebolar

Hei, “ce” ta fazendo o que onde tu ta
Para tudo corre vem de pressa, vem pra cá
Vem fazer um le, le, le, vem arrocha
Para, para, para, para tudo e vem pra cá

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir