Foto do artista Banda Legal

Ninguém É de Ninguém

Banda Legal


Ninguém é de ninguém
Tô chegando na balada pra zoar e beijar
Tô solteiro, tô facinho, quero festa e paquerar
E no fim da balada
Baragadá, baragadá, baragadá

Ninguém é de ninguém
Tô chegando na balada pra zoar e beijar
Tô solteiro, tô facinho, quero festa e paquerar
E no fim da balada
Baragadá, baragadá, baragadá

Não quero endereço, MSN nem orkut, seu celular
Não adianta me ligar
Eu tô de boa
Por muito tempo fui de alguém que não soube me valorizar
Agora eu não sou de ninguém
Só quero festa e paquerar

Ninguém é de ninguém
Tô chegando na balada pra zoar e beijar
Tô solteiro, tô facinho, quero festa e paquerar
E no fim da balada
Baragadá, baragadá, baragadá

Ninguém é de ninguém
Tô chegando na balada pra zoar e beijar
Tô solteiro, tô facinho, quero festa e paquerar
E no fim da balada
Ninguém é de ninguém

Não quero endereço, MSN nem orkut, seu celular
Não adianta me ligar
Eu tô de boa
Por muito tempo fui de alguém que não soube me valorizar
Agora eu não sou de ninguém
Só quero festa e paquerar

Ninguém é de ninguém
Tô chegando na balada pra zoar e beijar
Tô solteiro, tô facinho, quero festa e paquerar
E no fim da balada
Baragadá, baragadá, baragadá

Ninguém é de ninguém
Tô chegando na balada pra zoar e beijar
Tô solteiro, tô facinho, quero festa e paquerar
E no fim da balada
Baragadá, baragadá, baragadá

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir