Eu tô na minha, eu tô na sua
Eu tô atoa com alguém
Eu nunca tô sozinho
Eu nunca não tenho ninguém

Quando minha lua virar pro sol que vai nascer
A minha vida vai ter

Uma tatoo nas minhas costas
um piercing, uma latinha
uma mulher, um carro, uma prancha e uma casinha
Com uma praia na frente pra um dia eu m banhar
E um chalé no meu quintal pra um dia eu discaçar

Porque surf(tô dentro) e drogas(tõ fora)
Isso é coisa feia tá na cara que apavora
Porque mulher(tô dentro) e AIDS(tõ fora)
Isso é coisa feia tá na cara que apavora
Porque reggae(tô dentro) e maresia(tõ fora)
Isso é coisa feia tá na cara que apavora
Intro: G#m E F# (4X)

Eu sou rei das ondas
Tenho tudo na minha mão
Tenho todas as gatinhas e mais um montão
E quando chego no reggae não tenho o que fazer
Essa porra tá uma merda mando tudo se...

Porque surf(tô dentro) e drogas(tõ fora)
Isso é coisa feia tá na cara que apavora
Porque mulher(tô dentro) e AIDS(tõ fora)
Isso é coisa feia tá na cara que apavora
Porque reggae(tô dentro) e maresia(tõ fora)
Isso é coisa feia tá na cara que apavora

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir